Exibindo: 1 - 10 de 59 RESULTADOS
Filmes

Hugh Jackman fala sobre “Wolverine 3”

Hugh Jackman está se preparando para filmar Wolverine pela uma última vez, e ele quer que seja um final perfeito.

Aqui está o que ele tinha a dizer sobre Patrick Stewart Professor X, e como o script está a progredir:

“Eu vou ser realmente honesto com você, o script real em sua forma plena que estamos fazendo sobre a página 60. Obviamente há um tratamento, por isso não é totalmente feito ainda, não estamos totalmente lá. Eu acho que é um relacionamento realmente importante, mas eu quero ver sinais de que pai  e filho  esse tipo de relacionamento que não tenha sido visto antes, e particularmente os lados do Professor X que não foram vistas antes. Portanto, temos muitas idéias. “

No entanto, isso não significa que ele não pode ainda retirar do filme:

“Eu estou dizendo” mas “e eu estou soando um pouco cauteloso, porque esta é a última vez que eu estou atuando ele, e tenho a apenas que fazer esse compromisso comigo mesmo, realmente, e eu disse a todos que até esse roteiro ser perfeito, até que seja dessa forma perfeita para sair, eu não tiro uma pagina. É por isso que eu não quero dizer ‘Sim’ com certeza, porque até a página 115, 120, seja o que for … “

“O plano final é, vamos começar a filmar no próximo ano … Eu estou começando o treinamento, eu estou começando a comer e mentalmente me  preparando para isso. Não é apenas o estúdio, eu estou tentando fazer algo com este papel que é um pouco especial, um pouco diferente. Eu tenho uma idéia muito muito forte, de que se trata. E realmente tenho sabido por muito tempo como eu quero terminar esse tipo de odisséia em que eu estive. E eu não vou deixá-lo cair em entre qualquer lugar. Eu não vou ficar aquém disso. “

Evento

DROPPIXEL

image

Nós da Nano Pixel temos o prazer de anunciar que estaremos na Bienal do Rio nos dia 13 de Setembro (Domingo) e estaremos inaugurando nosso canal no YouTube, o DROPPIXEL aonde toda a semana falaremos das principais novidades sobre a cultura pop, além de mostrar um pouco dos eventos que nos estaremos, tudo isso de uma forma bem descontraída.

Em breve estaremos disponibilizando o link para o canal.

Diversos

D23 EXPO, Confira as novidades do primeiro dia!!!!

No primeiro dia da D23 Expo ja fomos apresentados a um novo parque que será feito em Xangai, o investimento é uma grande aposta do estúdio para conquistar o publico asiático.

Logo depois foi feita  a apresentação do Disney Legends Awards, que tinha como principais homenageados George Lucas e o compositor Danny Elfman, mas surpreendeu o público ao finalizar o evento com a entrega de um troféu para Johnny Depp.

A grande atração do dia, porém, foi a painel de animação ciceroneado por John Lasseter, o chefe criativo da Disney. Foram apresentadas novidades sobre O Bom Dinossauro, Procurando DoryZootopia e Moana, além do anúncio de Gigantic, uma nova versão de João e o Pé de Feijão, a revelação do título do projeto sobre o Dia dos Mortos, Coco, e a exibição do curta-metragem Riley’s First Date, com os personagens de Divertida Mente.

Diversos

Confusões ao quadrado!!

Se não baste-se o fracasso surgiram novas polêmicas envolvendo o novo filme do Quarteto Fantástico e o diretor Josh Trank. Após Trank escrever no Twitter  (e deletado em seguida) que sua versão da história não foi para os cinemas, a EW revelou que o cineasta teria quase partido para as vias de fato com Miles Teller, o intérprete de Reed Richards no longa.

Segundo a publicação, foi o próprio diretor quem escolheu Teller para o papel do Sr. Fantástico, mas o comportamente agressivo de Trank no set, misturado com respostas sarcásticas do ator pela situação do filme, quase fizeram que ambos brigassem. Os dois teriam se ameaçado e ficado frente a frente no set. Rumores ainda dizem que Trank não tinha bom relacionamento com Kate Mara por não ter sido sua a escolha da atriz para o papel de Sue Storm.

Miles Teller (Sr. Fantástico), Kate Mara (Mulher Invisível), Michael B. Jordan (Tocha Humana) e Jamie Bell (Coisa) formam o Quarteto Fantástico. O elenco conta ainda com Toby Kebbell (Doutor Destino), Tim Blake Nelson (Harvey Elder) e Reg E. Cathey (Dr. Storm), entre outros.

Jeremy Slater escreveu o roteiro revisado por Seth Grahame-SmithT.S. Nowlin Simon KinbergJosh Trank é o diretor. O filme já está em cartaz.

Fonte: omelete

Diversos

Mais novidades sobre Frozen 2!

Em entrevista ao Fandango, Buck disse que Elsa continuará a mostrar seu lado mais alegre em Frozen 2. No primeiro filme ela tinha uma jornada dramática, e no final ela viu que poderia começar a se abrir mais e se divertir novamente. Isso que foi muito legal em Frozen: Febre Congelante  [curta-animado que conta história posterior ao filme] – nós podemos nos divertir com a Elsa. E essa personalidade você vai conhecer mais no segundo filme“.

Já à MTV News, o cineasta garantiu que também veremos um pouco mais de Anna na continuação. “Nós temos duas protagonistas muito fortes em Frozen. Nós manteremos isso no próximo filme. Vamos lidar com problemas que, atualmente, estão por aí e meninos e meninas, homens e mulheres, estão tendo que enfrentar“.

Buck e Lee, que atualmente assinam o curta Frozen: Febre Congelante, cuidarão do novo longa. Não há uma data definida para a estreia da continuação.

Fonte: omelete

Diversos

Rei Leão vai ganhar uma nova serie!

A Disney divulgou que irá fazer uma serie animada com personagens introduzidos em O Rei Leão.

The Lion Guard  acompanhará as aventuras de Kion e seus amigos, que formam a Guarda do Leão, um time de defensores das terras que são governadas por Simba.

Confira o primeiro teaser da nova serie.

https://www.youtube.com/watch?v=X19M8Ugshlw

A série, que já está em produção há quatro anos, terá como foco crianças mais jovens, a serie tem previsão de estreia para os primeiros meses de 2016.

Diversos

Divulgado a possível sinopse de Toy Story 4

A trama de Toy Story 4  pode ser uma bela história de amor. O perfil oficial do programa Good Morning America  no Twitter revelou que a sequência será centrada no romance entre o caubói Woody e Bo Peep (Betty, em português), sua namorada nos dois primeiros filmes da franquia, será que iremos descobrir o que aconteceu com a Betty??

“The storyline for ‘Toy Story 4’ will be a love story and centered around Woody and Bo Peep!”

toy

Em março, Jim Morris, presidente da Pixar, revelou que o filme não seria uma sequência direta do terceiro longa e que realmente teria uma história de romance. Josh Cooley, criador da história de Divertida Mente, será codiretor de Toy Story 4 ao lado de John Lasseter.

O novo longa chega aos cinemas em 16 de junho de 2017. A trama foi desenvolvida por Lasseter, Andrew StantonPete Docter e Lee Unkrick, com Rashida Jones e Will McCormack, que trabalharam juntos em Celeste e Jesse para Sempre, a cargo de escrever o roteiro.

Diversos

Ele está voltando! Um Maluco no Pedaço deve ganhar um reboot!

Quem não passou algumas boas horas assistindo e rindo bastante ao ver Um Maluco no pedaço?

Depois de Três é Demais e Coach, a série de TV de sucesso dos anos 1990 pode ganhar um reboot. De acordo com o TVLine, Um Maluco no Pedaço (The Fresh Prince of Bel Air), série que tornou Will Smith um dos grandes atores de sua época, pode ganhar uma nova versão.

Segundo a publicação, o projeto ainda está em estágios iniciais, mas a ideia seria desenvolver um reboot nos dias atuais com a mesma fórmula: um garoto pobre que sai de sua casa para morar com uma família rica, mantendo o espírito da série original.

Smith seria o produtor executivo da série ao lado de sua esposa, Jada Pinkett-Smith, James Lassiter e Caleeb Pinkett. Um roteiro está sendo finalizado e a Overbrook Entertainment, produtora de Smith, irá oferecer o projeto a alguma emissora nas próximas semanas.

Um Maluco no Pedaço  teve um total de seis temporadas, sendo exibidas pelo canal NBC de 1990 a 1996.

Fonte: omelete

Diversos

[GAMESCOM] Rise of The Tomb Raider – LARA SUA LINDA!!!!

A Crystal Dynamics parece ter sido a melhor coisa que aconteceu com Tomb Raider em muitos anos. A demo do jogo presente na Gamescom desse ano é exatamente o que um fã da série esperaria ver das aventuras de Lara Croft na nova geração de consoles.

Os elementos que você conhece estão lá; os quebras-cabeça, as mecânicas de plataforma enquanto alguma coisa desaba na sua cabeça, e felizmente, as tumbas, mas eles parecem maiores do que nunca, mais refinados do que nunca. Essa não parece ser só a evolução natural do reboot de 2013, e sim algo que está sendo construído desde o princípio. Só falta um Tiranossauro Rex agora.

Claro, muitas demos são escolhidas pela desenvolvedora justamente porque mostram o melhor do jogo, e o produto final pode ter mais problemas do que as prévias deram a indicar, mas reagindo apenas ao que joguei, é difícil não ficar positivo. Com base no que a Crystal Dynamics mostrou, eu não espero que Rise of The Tomb Raider seja uma revolução do gênero de ação e aventura, mas isso não é um problema grande. Se o espírito de Lara Croft estiver lá, a história for melhor do que a do seu antecessor e o controle for preciso, a experiência final será divertida.

É verdade que Tomb Raider não precisa de muita maquiagem. Coisas como o multiplayer, presente no reboot de 2013, não adicionam nada de valor. A fórmula existe desde 1995 e o foco da Crystal Dynamics é em melhorá-la, não muito mais que isso. Com isto em mente, eis o que se destacou na demo.

  • A história é uma continuação do último jogo quando o assunto é a evolução de Lara. Ela quer entender o que aconteceu naquela ilha, e para isso vai ter que se tornar a exploradora que conhecemos dos outros jogos. É uma maneira inteligente de continuar a origem, de torná-la a Tomb Raider, e ao mesmo tempo facilita a vida de pessoas que não jogaram o anterior.
  • A sequência que jogamos não tem muito segredo. Escalamos algumas coisas, derrubamos outras, e fizemos jorrar água. Em diversos momentos na demo, é preciso quebrar uma parede para que o local seja inundado e possamos nadar para alcançar algo numa altura maior. Em certas horas, a água esvaziava se demorávamos muito. Não é um conceito totalmente novo, pelo contrário, é uma ideia batida e que se não for feita com cuidado pode ser irritante. Felizmente, estes momentos, na demo, foram justos e curtos o suficiente para não cansar.
  • As mortes continuam violentas. Na primeira vez que morri, tomei um susto com o quão brutal foi a animação. Virei para o desenvolvedor que acompanhava as pessoas testando o jogo e ele riu dizendo “estava torcendo pra você morrer, queria ver a reação.” No último Tomb Raider, algumas das mortes eram desnecessariamente violentas, mas as duas que vi na Gamescom não foram. Apesar de dolorosas, as animações eram exatamente o que aconteceria com um ser humano naquela situação.
  • A exploração é bem mais satisfatória em Rise of The Tomb Raider. Toda vez que eu pude sair do caminho principal dentro da caverna onde se passava a demo, fazia exatamente isso. Você pode encontrar tesouros, analisar documentos e estátuas, e ler cartas deixadas pra trás por civilizações antigas. Estas coisas aumentam o nível de fluência de Lara no idioma em questão. Enquanto jogava, o nível de grego da protagonista foi de 0 para 1. Pois é, temos o nosso primeiro jogo com cursos de idioma como recurso.
  • Quick-time events estão de volta. Tem horas que eles são um saco. Tem horas que eles fazem sentido. Essa é a vida dos quick-time events. Eles são como os Minions.
  • Felizmente, não houve muito combate na demo. Acho que é a parte menos interessante do jogo. Não que seja ruim, mas é um esquema conhecido. Cobertura, atirar com a câmera nos ombros, pode usar o arco pra ser stealth, bla bla bla. As mecânicas funcionam, mas espero que o produto final tenha mais exploração e plataforma do que combate e combate e combate, a não ser que essa demo não seja a melhor representação do que a Crystal Dynamics está fazendo. O combate nesse tipo de jogo precisa ser contextualizado com momentos divertidos, assustadores, grandiosos ou inesperados. Isso nem sempre acontecia no último Tomb Raider, mas estou curioso pra ver o que vem agora.
  • O cabelo de Lara Croft, mais uma vez, recebeu uma atenção especial. Física going CRAZY.

Rise of The Tomb Raider será lançado em 10 de novembro para Xbox 360 e One, no começo de 2016 para PC, e no fim de 2016 para PS4.

Fonte: Jovem Nerd